Congresso Estadual dos Municípios debate Cidades Inteligentes

A intenção do encontro é propor debates pertinentes e atuais sobre modernização de cidades e aprimoramento da administração pública. E, como 2018 é ano de eleições, a APM cedeu um espaço aos pré-candidatos a presidente, a governador e ao senado por São Paulo par expor suas estratégias administrativas e plano governamental, juntamente com a ciência e tecnologia, e como podem transformar a realidade do Estado e do país.

Carlos Cruz, presidente da APM afirma que o Congresso é um palanque suprapartidário, pois “coloca no mesmo lugar todas as correntes, matizes, partidos e ideologias político-partidárias, é o palanque municipalista”. Além disso, a modernidade também será é um ponto de debate.

O Congresso busca garantir discussões sobre administração pública e modernização, possibilitando que prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e gestores municipais em geral se atualizem quanto a conjuntura nacional e tecnologia.

Tecnologia

O ministro Gilberto Kassab, de Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicação, apresentará as Cidades Inteligentes, baseado no conceito de Internet das Coisas, uma rede de objetos físicos, do dia-a-dia, que possuem tecnologia, se conectam através da rede de internet e são capazes de coletar e transmitir dados, transformando-os em provedores de serviços.

Saúde, educação e segurança, três dos pilares de uma sociedade, também serão alvos de debates. Além disso, abordada a questão do Pacto Federativo, já que o Governo Federal fica com a maior parte dos recursos dos impostos e os municípios com a prestação de serviços e quais as ferramentas dos gestores nesse cenário.

 Fonte: Grandes Construções