Caixa reduz juros de crédito imobiliário pela 2ª vez no ano

A Caixa Econômica Federal informou que irá reduzir em até 1 ponto percentual as taxas de juros do crédito imobiliário para compra de imóveis enquadrados no Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI) e no Sistema Financeiro de Habitação (SFH). A taxa máxima cobrada pela entidade caiu de 9,75% mais Taxa Referencial (TR) para 9,50% ao ano mais TR, e a taxa mínima passou de 8,5% mais TR para 7,5% mais TR. As alterações serão válidas a partir do dia 14 de outubro.

A decisão da Caixa em reduzir as taxas vem após os maiores bancos privados do País também terem diminuído seus juros de financiamento: o Itaú baixou sua taxa mínima de 8,30% ao ano mais taxa referencial (TR) para 7,45%; o Bradesco reduziu de 8,10% ao ano mais TR para 7,30%; e o Santander diminuiu de 8,50% para 7,99%.

Está é a segunda vez em 2019 que a Caixa reduz suas taxas de juros. A primeira havia sido realizada em junho, quando os juros para financiamentos com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) baixaram em até 1,25 ponto percentual.

Em agosto, a Caixa lançou uma linha de financiamento habitacional que atualiza o saldo devedor pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA). A linha tem taxa mínima de 2,95% do valor financiado ao ano mais correção monetária pelo IPCA e taxa máxima de 4,95% ao ano mais IPCA.

A Caixa é líder no mercado de crédito imobiliário nacional, partindo de 69% das negociações. No acumulado de 12 meses até junho, a carteira de crédito habitacional da estatal cresceu 3,6%, atingindo o valor de R$ 452,3 bilhões.

Fonte: AECWeb